Acolhimento e Casas Lares

O programa de acolhimento da Casa do Menor visa criar, paulatinamente, um ambiente familiar, com a presença de um pai e de uma mãe social quando possível, suscitando uma atmosfera de atenção e de afeto que se torne referência. Abrange Casa de Passagem, Primeira Acolhida, Casas-Lares, Casa Apoio, Reinserção Familar, Famíla Substituta e Reinserção Social.

 

As Casas Lares

 

Objetivo Geral:

Contribuir com as crianças e adolescentes a possibilidade de aprofundar e vivenciar a experiência completa de família da casa lar (Ser filho, Irmão, Autoestima, Aprender a amar e se doar) e dar família ampla na grande família da Casa do Menor.

Tendo consciência que a Casa é transitória, e prepara para voltar à família biológica e substituta e motiva para criar sua própria casa assumindo seu futuro e sua própria história.

Atividades desenvolvidas nas casas lares:

  • Acompanhamento social;
  • Acompanhamento escolar;
  • Orientação familiar;
  • Visitas domiciliares;
  • Palestras e reuniões;
  • Atividades artísticas e culturais, recreativas, formação de liderança para crianças e adolescentes.
  • Cursos de teatro, natação, capoeira, percussão, dança e futebol;
  • Acompanhamento médico, psicológico, odontológico;
  • Sala de recursos

IMPORTANTE:

  • Todas as crianças e adolescentes em idade escolar freqüentaram escolas da Rede Pública de Ensino, os maiores de 14 anos também freqüentam os Cursos Profissionalizantes;
  • 50% dos adolescentes da Casa Dom Bosco foram inseridos no mercado de trabalho (Menor Aprendiz);
  • As crianças e adolescentes participam das missas todas as quartas feiras no CAP’S;
  • As quintas feiras realizamos a adoração ao Santíssimo;
  • No 4º domingo de cada mês todos os adolescentes participam da missa na Igreja Matriz São Miguel Arcanjo em Miguel Couto;
  • No 3º domingo de cada mês todos os adolescentes da Casa Dom Bosco participam da missa na Paróquia São Paulo Apostolo em Copacabana;
  • Todas as crianças e adolescentes acolhidas na Casa do Menor São Miguel Arcanjo participam das atividades realizadas nos finais de semana no Centro Cultural;
  • As crianças e adolescentes são atendidas (individualmente e/ ou grupos) pelos assistentes sociais e psicólogos;
  • As crianças recebem atendimentos médicos e odontológicos;
  • A Equipe Técnica realiza visitas domiciliares;
  • Estudos de Casos no Juizado de Menores;
  • São realizados mensalmente os encontros com as famílias (biológicas)

[/cm

Algumas imagens das nossas casas lares